Blog

Protesto ou Negativação?

02/08/2019

Entenda a diferença de cada ação e avalie qual a melhor opção para solução das inadimplências.

A inadimplência é realidade em qualquer empresa que oferte algum produto ou serviço. Muitas vezes, diante de um prejuízo no fluxo de caixa, a melhor maneira de minimizar esses valores é optando pelo protesto ou pela negativação do devedor. 

Mas afinal, qual a diferença? 

  • Negativação: consiste em incluir uma (ou mais) pendências do devedor em órgãos de proteção ao crédito (como Serasa e SCPC), a fim de informar o não cumprimento dessas obrigações financeiras; bem como, barrá-lo à novas aquisições. O prazo máximo dessa ação é de 5 anos (a contar da data de inclusão) e após isso, o nome do devedor é retirado dessa base de dados. Essa inclusão gera um custo para a empresa que deseja fazê-la. 
  • Protesto: consiste em oficializar junto ao cartório de protesto de títulos, a inadimplência, mediante a documentos que a comprovem. O tabelião analisa a situação e emite um aviso ao devedor, que deverá arcar com as despesas cartorárias mais os valores devidos, para ser retirado do status de inadimplente. Títulos protestados permanecem em cartório como inadimplentes por tempo indeterminado, enquanto não liquidados.

Qual a melhor opção? 

Depende do tipo de cobrança. Avalie pontos importantes como: o quanto aquele cliente representa para você? qual o valor do título? o devedor demonstra interesse em cumprir com o pagamento, mesmo com dificuldades financeiras? Procure sempre investir numa ação conciliadora de negociação e bons negócios!

DEIXE SEU COMENTÁRIO