Blog

Tipos de separação de pedidos

30/03/2017

O processo de separação dos pedidos em uma distribuidora é uma importante etapa quando o assunto é produtividade dentro do armazém. Estima-se que entre os processos de separação e preparação dos pedidos, equivale até 55% da despesa total de funcionamento de um armazém¹. Também sabemos que quanto mais pedidos separados com segurança, mais rápido se torna o processo de entrega do produto e isso tem impacto direto na satisfação do seu cliente.

Embora o processo de separação seja simples de se conceituar, na prática envolve várias análises, variáveis, para que se tenha o processo mais econômico e seguro. Isto vai depender do tamanho e layout do armazém, dos recursos disponíveis (separadores, capacidade do local de picking, estrutura de informática como: coletores de dados, rede, impressoras, etc).

O trabalho de separação de pedidos pode ser dividido em pelo menos quatro categorias², embora na prática pode ter muito mais. Em resumo, são elas: separação discreta, separação em lote, separação por zona, separação em onda.

Separação Discreta:

Esta é a forma mais comum de separação de pedidos, onde o separador trabalha em um único pedido de cada vez, e o atende do começo ao fim.

Separação em Lote:

Na separação em lote o separador irá separar um grupo de pedidos, vários ao mesmo tempo, contando com uma lista contendo a quantidade total de cada SKU (identificador interno do produto). Após a coleta do lote, o separador leva até a área de espera onde serão separados os pedidos individuais.

Separação por Zona:

Cada separador é designado para atender uma determinada zona do armazém. Neste plano de separação, o separador 1 coleta todas as mercadorias que estão no corredor 20, então o pedido é passado para o separador 2 que apanha todas as mercadorias que estão no corredor 25. Neste sistema, o pedido é sempre manuseado por mais de uma pessoa.

Separação em Onda:

Na separação em onda, a separação dos pedidos obedece uma determinada “onda”, ou seja, uma caraterística especial, como por exemplo os pedidos que tenham o mesmo transportador, mesmo cliente, mesmo vendedor ou região, etc.

Como a tecnologia pode ajudar?

O alinhamento do software ERP com o método de separação escolhido pela distribuidora é essencial para poupar tempo e dinheiro. As listas impressas para separação ainda são muito comuns, sobretudo nas pequenas e médias distribuidoras que não podem arcar com os custos de um processo todo automatizado por esteiras e robôs.

Mas com ajuda da tecnologia, esse processo pode se tornar um pouco mais fácil, mesmo que ainda dependa do ser humano para coleta. Com o uso de coletores de dados ou tablets, a lista impressa pode deixar de existir, pois tudo estará no display do equipamento. Outras duas tendências podem se tornar populares em breve, que é a separação utilizando dispositivos vestíveis (wearable), como SmartGlass / SmartWatch, ou ainda através de sistemas por comandos de voz. Nestes casos, o principal benefício é que o separador faz todo seu trabalho com as duas mãos livres.

Dois exemplos de listas de separação:

 

O que podemos fazer pela sua distribuidora?

O software ERP Almmati Gestor oferece soluções especialistas para a atividade de distribuição de produtos, unindo todas as tarefas essenciais de logística em um ambiente fácil de usar, intuitivo e eficaz.

Independente de qual seja o método de separação adotado pela sua distribuidora, nós podemos automatizar seu processo de separação e torna-lo mais econômico e eficaz.

 

Estes e muitos outros recursos para sua empresa!
Centenas de empresas confiam sua gestão nos softwares e consultorias da Almmati Sistemas.


Clique aqui e solicite uma demonstração. 
Fone: (45) 3035-3587
e-mail: comercial@almmati.com

 

Veja também:

O que os grandes autores ensinam sobre fluxo de caixa?

Série Relatórios de Gestão: Classificação ABC

6 Passos para Tornar sua Distribuidora Mais Eficaz!

 

Referências deste post:

  1. MURRAY, Martin - Order picking in the warehouse. Disponível em http://logistics.about.com/od/operationalsupplychain/a/order_pick.htm
  2. ACKERMAN, Ken – 350 Dicas para gerenciar seu armazém. IMAM, 2014.

DEIXE SEU COMENTÁRIO